Categorias

logo
Peixe de época: Dourado do Mar
16 Feb

Peixe de época: Dourado do Mar

            Coryphaena hippurus, popularmente conhecido entre os pescadores como Dourado do Mar/Dolphin, pode ser encontrado em diversas regiões dos mares brasileiros, em especial em águas límpidas e claras do litoral do Espírito Santo e Santa Catarina. 

            Esta espécie encanta por suas tonalidades metálicas, que variam do dourado na barriga, ao azul forte no dorso, possuindo um corpo comprido e alongado, medindo até 2 metros de comprimento e 40 kg, mas em sua maioria, não é encontrado em seu maior potencial, sendo mais comum em tamanhos próximos a 1,0 metro e 1,5 metros e entre 4 kg e 13 kg. Sua nadadeira dorsal contém aproximadamente 60 raios e se estende ao longo de todo o comprimento de seu corpo.

            Uma característica importante sobre esta espécie, é que o Dourado do Mar é um peixe veloz, com a capacidade de dar saltos espetaculares, o que torna a sua captura mais difícil.

            Possui na base de sua alimentação crustáceos, sardinhas, lulas, peixe-agulha, paratis, peixes-voadores e peixes pequenos. Por ser uma espécie migratória, são encontrados em grandes cardumes em alto mar, mas alguns se aproximam da costa, para reprodução.

·       Informações importantes:

o   Melhor época

O Dourado do Mar geralmente fica mais próximo aos costões rochosos nos meses de janeiro e fevereiro. Entretanto, a época ideal para a pesca é entre março e outubro. Durante este período, os peixes nadam mais perto da costa (normalmente sob estruturas flutuantes), por conta da aproximação às correntes e principalmente a temperatura da água, que fica entre 22 °C e 28 °C.

o   Local

O Dourado do Mar é um peixe pelágico, ou seja, uma espécie de peixe de passagem que habita geralmente o mar aberto. As regiões em que se tornam mais propicia a encontrar esta espécie, conforme citadas anteriormente, são do litoral do Espírito Santo e Santa Catarina, mas também, podendo ser capturados em regiões litorâneas do Norte, Nordeste, Sul e Sudeste.

·       Equipamentos

A vara de pesca mais recomendada para pescado do Dourado do mar é em torno de 30lb, aliada a um molinete de porte médio/pesado e que contenha a capacidade para armazenar de 150 a 220 metros de linha. Com relação à linha, a mais indicada é a multifilamento, com um leader fluorcarbono de 0,55 mm. Importante lembrar que o uso de garateia é proibida para a pesca de Dourado do mar, assim, o uso de anzóis mais comuns, são os robaleiros ou maruseigos.

Com relação as iscas, pode ser utilizada tanto iscas naturais quanto artificiais. Se optar por artificiais, as melhores são as de superfície, em cores que puxem para rosa, prateado ou azul (pois reluzem na luz do sol), em modelos mais esguios, em formato de sardinha, por possuírem movimentos naturais, que costumam chamar mais atenção. Caso utilize naturais, sardinhas vivas são as melhores escolhas.

Você pode adquirir os equipamentos no site da Mobay.

·       Vestimenta

Por ser uma pescaria complexa, pode durar algumas horas de exposição ao sol, sendo necessário o uso de equipamentos de vestuário corretos para esta situação. O mais indicado é utilizar camisas em tecido dry fit, pois este tipo de tecido ajuda a controlar a temperatura corporal (evitando doenças no sistema imunológico e hipotermia). É essencial que a roupa possua proteção contra raios UV (ultravioletas) emitidos pelo sol, que podem causar queimaduras, além de desencadear náuseas, insolações e em exposição constante e sem cuidados, câncer de pele.

            Com as dicas deste post, aliada a expertise da Mobay, a pesca deste cobiçado dos mares abertos se tornará cada vez melhor. Importante lembrar que este tipo de pesca deve ser esportiva, não predatória, sendo restrita a aqueles que precisam dela para sobreviver. Com isso, você garante a conservação da espécie, garantindo uma pesca sustentável, consciente e esportiva.